Coleções

A Marca

  

 

Do desejo de criar adornos que transmitissem expressividade e autenticidade nasceu a marca de acessórios Bruna Gasparini Jewellery. Depois de muitas pesquisas, mergulho interior e encontros surpreendentes com pessoas especias, a designer foi estabelecendo uma afinidade muito sutil e natural com o universo da joalheria e das riquezas minerais do nosso Brasil.  Valorizar o trabalho dos profissionais de ourivesaria, assim como das pedras e gemas naturais são o foco da marca BG. Também trabalhamos com acessórios exclusivos utilizando materiais sustentáveis e inusitados como cordas, couro, madeiras e tecidos. Com design autoral e peças contemporâneas, visamos enaltecer e despertar a personalidade das mulheres através de joias e acessórios atemporais, repletos de significado. 

 

 

 

 

 

Processo Produtivo

Até chegar ao consumidor final, uma joia passa por diversos processos. Nossa oficina produz tanto peças feitas 100% artesanalmente e sob encomenda quanto joias em série, através do processo chamado fundição. A tecnologia 3D também nos permite hoje criar joias com a máxima perfeição e maestria. Cada coleção e cada joia nasce através de uma inspiração do designer e do desejo do cliente. A cada demanda utilizamos as técnicas mais apropriadas para a produção dos acessórios, sempre com o foco no trabalho que passa pelas mãos dos nossos artistas de lapidação, ourivesaria e cravação, nosso toque especial. Confira um resumo do complexo e apaixonante processo de produção Bruna Gasparini Jewellery.

Bruna Gasparini

 

 

 

 

Neta de pedrista e apaixonada por gemas, natural de Belo Horizonte e das Minas Gerais, Bruna Costa Gasparini Heller cria joias e acessórios com estilo contemporâneo, autoral e design marcante. Da primeira coleção intitulada "Ninhos", surgiu a sensibilidade e inspiração para a criação da peça "O que é que o ouro tem"?, finalista no maior concurso de joias em ouro do mundo, o Auditions AngloGold Ashanti. Gosta da naturalidade das formas, do trabalho da ourivesaria, das gemas do Brasil e da versatilidade das matérias primas, além da utilização de técnicas sustentáveis na confecção das peças. A marca Bruna Gasparini Jewellery trabalha com duas coleções principais durante o ano, além de coleções cápsula, joias personalizadas, sob encomenda e ocasiões especiais.

 

 

 

 

 

Press/ Midia

Finalista no concurso Auditions AngloGold Ashanti 2015

O conjunto de joias buscou inspiração em uma das artistas mais recombinadas de todos os tempos: Carmem Miranda. Com sua ousadia, vestuário tropical e acessórios extravagantes, maximalistas e inovadores para a época, a artista era uma portuguesa que se tornou ícone da essência do Brasil em Hollywood. As bolas de ouro em "ninhos", além de fazer alusão ao estilo "máxi" de Carmem, contêm gemas e sementes brasileiras, fundindo estilos e homenageando a exuberância da nossa flora e mineração.

Biblioteca de Gemas

As pedras sempre são a estrela principal. Elas são pesquisadas e admiradas, seja pela sua cor, beleza, sua forma bruta, lapidada ou significado. Conheça algumas de nossas pedras e seus significados.
Granada

Considerada a “pedra de luz” segundo algumas lendas, a Granada pode ser encontrada, principalmente, na coloração rúbia. A pedra representa o fogo, é a guardiã do amor e da paixão. Além disso, a ela atribui-se o poder de fidelidade e simpatia. Pode ser encontrada em países como Brasil, Índia e África do Sul, sendo, até hoje, relacionada ao fortalecimento do coração e ao sangue humano.

Diamante

Os Diamantes são os melhores amigos de uma garota, não são? Assim dizia Marilyn Monroe, ao saber que essa pedra é única e super valiosa, sendo até considerada o “rei das gemas”. Há lendas, tanto na Grécia como no Brasil, que afirmam ser a pedra a lágrima dos deuses. É relacionada ao amor, à cura e à longevidade.

Ametista

Pela facilidade de encontrá-la, a pedra Ametista é hoje considerada semi-preciosa. Com sua coloração púrpura, foi muito utilizada pela Igreja Católica até o século XVIII por acreditar-se que era fonte de poder psíquico, contemplativo, além de trazer seriedade e sinceridade ao dono. Também tem forte aparição na cultura oriental, utilizada sobre o “terceiro olho”, a fim de exercer força positiva. A pedra é considerada tradicional para a realeza, pois, antigamente, era muito utilizada por ela, já que sua cor, o roxo, representava o sangue real. E é no Brasil onde se encontram as maiores jazidas de ametista do mundo!

Esmeralda

Sempre adornando as maiores celebridades, a Esmeralda com o verde perfeito é tão rara quanto encontrar diamantes. Há facilidade de ser achada, principalmente, na América do Sul. Foi uma das pedras preferidas da rainha egípcia Cleópatra e dos romanos, estes para expressarem sua devoção à deusa do amor e da beleza, Vênus.

Pérola

A Pérola, considerada a “rainha das gemas”, é formada de uma forma distinta entra todas as outras pedras. As ostras, como mecanismo de defesa natural, cobrem o corpo intruso, formando, ao final, as pérolas. Curiosamente, elas já nascem prontas, sem haver necessidade de lapidação. Associadas sempre à pureza e à castidade, há quem acredite que a pedra ajuda os casamento a serem duradouros.

Água Marinha

Protegendo os antigos navios que cruzavam os mares, acreditavam que a Água Marinha, possivelmente, possuía poderes calmantes e de inspiração. Novamente, o local de maior presença da pedra é no território brasileiro. Para se chegar ao tom ideal de azul, o “azul oceano”, a pedra é submetida, muitas vezes, a diversos tratamentos, já que é muito difícil encontrá-la no tom correto, sem presença da cor verde.

Rubi

O Rubi é avaliado de acordo com essa lógica: quanto mais vermelho, fazendo jus a seu nome (rubi de “ruber”, que significa vermelho), mais cara é a pedra. Seu brilho é caracterizado como “um fogo eterno a arder dentro da gema” e algumas lendas afirmam que há uma chama interna dentro da pedra que lhe garante seu caráter sagrado. Acreditava-se, também, que a pedra poderia estancar sangramentos, proteger seus donos das desgraças mundanas e trazer-lhes harmonia, amor, beleza e sucesso.

Peridoto

Mesmo não sendo tão popularmente conhecido, o Peridoto vem sempre associado às imagens dos piratas que assaltavam os mares para se protegerem do mal. A gema é frágil e delicada às mudanças do ambiente e elementos químicos. Há controvérsias na história egípcia sobre a pedra, pois enquanto alguns afirmam que Cleópatra utilizava esmeraldas, outros dizem que eram peridotos. As pedras foram disseminadas, principalmente, pelas Cruzadas da Idade Média, que foram responsáveis por aumentar o comércio entre as terras do Mediterrâneo e o Velho Mundo

Topázio

Com seu nome derivado de uma ilha no Mar Mediterrâneo, o Topázio é, hoje, considerado semi-precioso. Além disso, seu nome, em hindu, significa “fogo”, pois a pedra é boa para energizar o corpo. Pode ser encontrado em diversas cores, inclusive de forma incolor, o que é muito raro, pois, geralmente, há impurezas dentro da pedra. Já chegou-se até a acreditar que dentro do topázio azul, a pedra dos atores, havia reuniões entre os deuses do céu e da terra para que o mar e os céus se purificassem e chegassem ao tom perfeito de azul.

Safira

Sendo uma das pedras mais populares, a Safira pode ser encontrada em diversas cores, exceto no vermelho. É usada pela princesa Kate Middleton em seu anel de noivado por ter uma grande durabilidade. Por seu uso relacionado ao alivio das tensões cotidianas proporcionar equilíbrio entre a mente e o espírito, a pedra é vista como fonte de tranquilidade e paz.

Turquesa

Encontrada desde o azul ao verde, a Turquesa é explorada, fortemente, pela indústria americana, em uma mina que lembra uma mulher adormecida, a Sleeping Beauty. O nome vem da primeira localidade em que foi encontrada: a Turquia. Possui, mundialmente, grande valor para o budismo. Acredita-se que tem o poder de absorver sentimentos ruins de quem a está portando e pode mudar de cor de acordo com a situação. Além disso, apresenta grande poder de cura.

Opala

“Do suave fogo do Rubi, do abastado roxo da Ametista e do verde-mar da Esmeralda” surgiu a Opala, uma pedra sem outra igual! A pedra é quase que 100% extraída da Austrália, sendo um dos símbolos do país. Leva, surpreendentemente, quase 60 milhões de anos para se formar, o que aumenta ainda mais seu valor e apreço. Em tempos antigos, a pedra dava “poderes de invisibilidade” para seus donos, além de auxiliar na visão e afastar os espíritos do mal.

Contato

Entre em contato conosco

+55 (31) 9 9549-9422

+55 (31) 2551-6744

info@brunagasparini.com.br

Back to Top Top